domingo, 6 de outubro de 2013

AMSTERDAM PROIBIDA PARA MENORES


O que senti em Amsterdam? Bom... um certo romantismo no ar, com todos aqueles canais... emoção dos campanários das igrejas com seus famosos telhados, amei a tolerância da cidade, suas experiências e excentricidades dos bairros boêmios, adorei a arte aliás muita arte e vi os cafés onde tudo se fuma...










A população de Amsterdam é muito culta, dominam vários idiomas, sendo um povo de intelectuais, conservadores e ousados ao mesmo tempo, achei super interessante.

PONTOS FORTES
- Bicicletas, aventure-se e alugue uma.
- Passeios pelos canais da cidade.
- Se der sorte de ir na primavera... veja as Tulipas maravilhosas.
- Mercado das flores flutuante
- Museus, e são muitos.
- Os queijos, você vai provar um gouda original
- As feiras... e comer um biscoito feito na hora, com recheio e tudo.
- Fábrica da cerveja Heineken
- O fascínio pelo erótico e seus sexshops.

RIJKSMUSEUM
A grandiosidade e o estilo neogótico do palacete que abriga o Rijksmuseum desde 1885, é de impressionar, ele passou dez anos em obras de modernização, inclusive as obras de arte que abriga em seus maravilhosos salões. Ele é o museu mais importante de Amsterdam.

“Ronda Noturna”, obra prima de Rembrandt tem lugar de destaque no museu.

Conseguir uma foto próximo desta obra é uma aventura, pois é a mais cobiçada do museu.

MUSEU VAN GOGH
Me emocionei muito com as obras de Van Gogh, a evolução da sua doença é visível em seus traços, é uma experiência única percorrer a vida trágica do artista. 
Prepare o bolso, a entrada custa 15 euros, este é o preço da maioria dos museus. A propósito, Amsterdam é uma cidade cara.
Você sabia? Van Gogh vendeu apenas um quadro em toda a sua vida

MUSEU ANNE FRANK
Mais emoção no ar...
quem não conhece a história dessa menina fantástica?

MUSEU DA TORTURA
Não tive coragem de entrar, me limitei a portaria.


MUSEU DO SEXO

O museu do sexo é bacana, super interessante, provocativo, mas... proibido para menores.

A prostituição é legal e socialmente aceita desde o século XVII, e as leis de liberação das drogas permitem a venda de maconha em cafés e lojas apropriadas. O uso da droga, é restrito a estes lugares autorizados, desta forma se a pessoa não for nestes locais, não vai nem saber que a droga existe.

O Red Light District de Amsterdam, é banhado de um brilho néon vermelho, cheio de turistas boquiabertos, batedores de carteira e toxicodependentes, acreditem é uma das maiores atrações turísticas da cidade.
Vitrines incríveis!! Super elegantes, não tem vulgaridade, esbanjam sensualidade.

E claro que fotografei umas bem picantes, mas... proibida para menores.

IMPORTANTE
Cuidado com a carteira, bom isso não é novidade. Evite contato visual com personagens suspeitas, não fotografe as prostitutas e evite as ruas mal iluminadas. Se bem que à noite seja o lugar mais animado da cidade, evite ir sozinho.


IMAGENS DAS RUAS
Festa de verão ao ar livre.

Amsterdam poderá tornar-se a primeira cidade a banir definitivamente os automóveis, as leis locais desestimulam a sua compra. Realmente, o que vi nas ruas foram, bicicletas, milhares delas, bondinhos elétricos, ônibus e raros carros, nas calçadas existe uma ciclovia, e o pedestre precisa ficar atento, pois os ciclistas andam a mil por hora.



FEIRAS 
Quase enlouqueci com a variedade da feirinha, comi queijo gouda como se fosse bananada, a barraquinha das perucas...bom salvei um rabo de cavalo, que esta na minha mão.
As casas flutuantes são uma atração a parte, ao longo dos canais, é possível apreciá-las.


NÃO CONFUNDA ALHOS COM BUGALHOS


Em Amsterdam, a expressão “coffe shop” refere-se aos “cafés de fumo”. Estes cafés são facilmente reconhecidos pelo décor psicodélico, o fumace e a clientela descontraída. Curiosamente, vendem excelentes cafés. Mas se pretende apenas um cafezinho, é melhor procurar um dos muitos cafés normais ou kaffehuís.

KINDERDIJK
Localizada ao Sul da Holanda, a cidade de Kinderdijk é mundialmente conhecida por seus moinhos.

TRADIÇÃO
Os tamanquinhos são conhecidos como “socas”, estão em todos os lugares. Os moradores da Holanda, costumam pendurá-las na porta de casa. 



KEUKENHOF, o parque das tulipas

O belo faz bem aos olhos... 
parece uma pintura, mas é uma plantação de Tulipas.


As únicas tulipas que encontrei, foram estas de madeira na lojinha de souvenir, então se você quiser vê-las ao vivo, organize sua viagem na primavera.  
Até a próxima dica de viagem, beijinhos.

Mônica

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

BELLE ÉPOQUE




 “0 período que vai do início do século XX ao princípio da primeira Guerra Mundial é geralmente chamado na Inglaterra de era eduardiana [...] Na França, com uma pequena extensão retroativa à década de 1890, chamou-se La Belle Époque."
Laver, James. Pag. 213 A ROUPA E A MODA. UMA HISTÓRIA CONCISA, Companhia das Letras, 2008.




Novas invenções tornaram a vida mais fácil, nesta época surgiram inovações tecnológicas como o telefone, o telégrafo sem fio, o cinema, o automóvel, o avião, as mulheres começaram a andar de bicicleta... que maravilha! O mundo mudou.

A cena cultural fervia... os cafés, os cabarés, os ateliers, galerias de arte, salas e mais salas de concerto.
Luxo, beleza, glamour, ostentação, são palavras que podem definir esse período. A arte tomava novas formas com o Impressionismo e a Arte Noveau.


Georges Seurat. 
Uma tarde de domingo na Grande-Jatte. 1884-86. 
Instituto de Arte de Chicago.   
A moda como sempre é um reflexo da época, transformou novamente a silhueta feminina, desta vez chegou o espartilho torturante e apertadíssimo,  ele tornava o corpo ereto, levantando o busto e jogando os quadris para traz. Criava a forma de S.


“Cléo de Merole, dançarina e aristocrata, que a Paris elegante considerava a mulher mais bela de seu tempo.(1894)”. Beleza do Século, Cosac & Naify.
Foi em Paris a capital do luxo, onde surgiu a Alta Costura, com grandes costureiros, criando e ditando a moda para todo mundo.

FREDERICK WORTH

Ao assinar suas criações a partir de 1871 em Paris, fez com que Charles Frederick Worth fosse o responsável por transformar suas costuras em peças únicas. Ao etiquetar cada peça de roupa com sua assinatura, estas adquiriram o status de obra de arte.

“Como qualquer artista, o criador de moda inscreve-se dentro do mundo das formas. E portanto dentro da Arte”. 
SOUZA, Gilda de Melo e, O ESPÍRITO DAS ROUPAS: A moda do século. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.
Nasce assim a alta costura dentro de uma dinâmica, até aquele momento própria da Arte.
INFLUÊNCIAS DA BELLE ÉPOQUE NA ATUALIDADE
Nos vestidos de noivas
Vestido DIOR, 1997, criação John Galliano.


JHON GALIANO, coleção Primavera Verão 1996. 
Muita sensualidade com rendas, tule e cintura marcada.

Gisele...a personificação da atitude, linda!

Continuaremos com a Belle Èpoque até 1914 na próxima postagem. 


Beijinhos .

Mônica


domingo, 18 de agosto de 2013

BARCELONA




Barcelona é sem dúvida uma verdadeira exposição de arte a céu aberto da Espanha. Arquitetos como Gaudí deixaram um legado de beleza, estilo e designer inigualáveis, não encontrado em nenhum outro lugar do mundo. Em Barcelona respira-se arte e  história, um verdadeiro banho cultural.   

Pontos Forte

LA PEDREIRA 



 La pedreira foi a primeira construção do arquiteto Antonio Gaudí. Já foi um prédio residencial, hoje abriga seu espaço para concertos e exposições de arte.

IGREJA DA SAGRADA FAMÍLIA
Obra de Gaudí, templo católico da cidade, considerado sua maior obra prima. Projeto iniciado em 1882, suspensa em 1936 devido a Guerra Espanhola, e sua conclusão está estimada até 2026, centenário da morte de Gaudí.

CASA BATLLÓ
Considerada outra obra prima de Gaudí, abriga um museu atualmente.


BAIRRO GÓTICO
  
É a parte mais antiga da cidade. Com construções da época do Império Romano. Recomendo passear a pé pelas suas ruelas, é fantástico.

LA RAMBLA

É a rua mais famosa de Barcelona, repleta de barzinhos, restaurantes e artistas de rua, as estátuas vivas são incríveis.

PARQUE GUEL
Um lindo parque urbano, também criado por Gaudí e Guel, reflexo da plenitude do artista como conjunto estruturado, cheio de belezas naturais.


MUSEU PICASSO

Como seu nome indica, está dedicado exclusivamente ao artista Pablo Picasso. Possui coleções permanente do artista. É um dos museus mais visitados da cidade. 



MUSEU NACIONAL DE ARTE DA CATALUNHA

Também conhecido como MNAC, situado no palácio Nacional. Destaca-se pela sua coleção de arte Românica considerada a maior do mundo.


DICAS SUPER IMPORTANTES

A Espanha, não exige visto dos brasileiros para viagens de turismo de até 90 dias, mas entrar no país não é tão simples assim. A imigração espanhola vem endurecendo e até barrando a entrada de alguns brasileiros no país. Então fique ligado.
Para não perder sua viagem, siga esses passos simples.
- Na imigração mostre o comprovante da reserva do hotel,  o endereço e o seguro de viagem.
- Passagem de volta para o Brasil
- Se for hospede de algum amigo, leve carta de recomendação dele, como seu responsável no país.
- Precisa mostrar também quantos euros está levando ou seu cartão   
 de crédito internacional.
- Se tiver agendado passeios, aluguel de carro. etc., tenha os comprovantes em mãos.
O importante é deixar claro sua intenção de turista para não ser confundido.

PARA IR COM AS AMIGAS

Perca-se no Corte Inglês, uma loja de departamentos no melhor estilo Harrods de Londres, no final do passeio saboreie uns belos tapas espanhóis,  um tipo de aperitivo local. Não esqueça que a noite de Barcelona só começa depois das 23 horas, então seja feliz. 


TAPAS ESPANHOIS...DELICIOSOS

PARA QUEM VAI PELA PRIMEIRA VEZ

Sempre faço um city tour quando chego pela primeira vez em qualquer lugar do mundo, desta forma você tem uma visão geral da cidade, e depois visita os lugares do seu interesse ao longo dos dias.  

IMPERDÍVEL 
Saborear uma bela paella, prato típico espanhol.

Bom, até a próxima dica de viagem! 
Beijinhos.